Outubro/21: Produção estável, mas ainda inferior a 2020

Com o fechamento dos números do mês de outubro/21, foi verificado que a empresa obteve um crescimento de +1,4% em relação a setembro/21, se considerados apenas os dias úteis. De qualquer forma a produção ainda é menor que outubro/20, em 12,6%. Fernando Toscano comenta: “Diversos projetos foram adiados e 30% da nossa base de clientes não existe mais, devido a pandemia da COVID-19; ou fecharam as portas definitivamente ou estão paralisados. Ainda assim a empresa cresceu, com a adição de novos parceiros e clientes. É uma época de paciência e muita reflexão, mas tenho ampla certeza do nosso crescimento sustentado no médio prazo“.

Com a alteração da equipe do Departamento Comercial da AC Mult, agora comandada diretamente pelo proprietário da empresa, já podem ser observadas mudanças estruturais, de planejamento e controle que certamente trará uma nova e moderna abordagem. Fernando Toscano comenta: “Infelizmente o empresariado brasileiro é muito fraco, com abordagem de clientes e parceiros de forma abrupta, lastreado apenas no preço do serviço e não na qualidade e suporte que esses clientes necessitam. Essa guerra e preços acaba afetando a todos, a margem diminui, e o mercado vai se estreitando, prejudicando a todos os que participam desse segmento. Lembro que há três anos não há reajuste de preços na certificação digital. Na verdade o valor final do certificado digital, nos últimos três anos, caiu próximo de 50% e a inflação, pelo IPCA, no mesmo período, chegou a 17,86%.”